15.04.202010:35:00UTC+00Preços do petróleo caem por medo do excesso de oferta

Os preços do petróleo caíram na quarta-feira, com os futuros do mês da WTI em queda testando novamente o nível de 20 dólares em meio ao aumento do excesso de oferta no mercado global e às preocupações com a queda da procura. O preço do Brent caiu 4,1% para 28,38 dólares por barril, anulando os ganhos anteriores. Os futuros de petróleo bruto do U.S. West Texas Intermediário caíram 3 por cento, a 19,50 dólares. A Agência Internacional de Energia (AIE) previu na quarta-feira um mergulho de 29 milhões de barris por dia (bpd) na procura de petróleo em Abril para um nível que se registou pela última vez em 1995 e afirmou que nenhum corte na produção poderia compensar totalmente as quedas a curto prazo que o mercado enfrenta. "Não existe um acordo viável que possa reduzir a oferta o suficiente para compensar essas perdas de procura a curto prazo", afirmou a AIE no seu relatório mensal, muito aguardado. Existe um choque de procura sem precedentes nos mercados da energia, uma vez que os governos de todo o mundo impõem medidas draconianas à vida de milhares de milhões de pessoas. Entretanto, o grupo industrial American Petroleum Institute afirmou na terça-feira que as existências de petróleo bruto dos EUA aumentaram 13,143 milhões de barris durante o período que terminou em 10 de Abril, contra a anterior adição de 11,938 milhões de barris. Os números oficiais dos inventários do governo devem ser apresentados mais tarde.



Não pode falar agora?
Faça sua pergunta no chat.