empty
 
 
Apple abre processo contra o Serviço Federal Antimonopólio da Rússia

Apple abre processo contra o Serviço Federal Antimonopólio da Rússia

A gigante de tecnologia americana Apple decidiu contestar a multa de US $2 milhões da autoridade antitruste russa por concorrência desleal.

O Serviço Federal de Antimonopólio (FAS) afirma que o gigante da tecnologia do Vale do Silício abusa de sua posição dominante no mercado de aplicativos. Curiosamente, a disputa está em andamento desde 2019, após uma reclamação formal da Kaspersky Lab. Sua administração considera a rejeição de versões do programa de controle parental Kaspersky Safe Kids (KSK) pela Apple injustificada. Em sua defesa, a Apple disse que ofereceu à Kaspersky Lab a alteração do aplicativo para cumprir as regras da AppStore criadas para a proteção de crianças. A empresa lembrou que a Kaspersky tinha 13 aplicativos na AppStore e centenas de atualizações foram lançadas para eles. “Trabalhamos com a Kaspersky para fazer com que seu aplicativo esteja em conformidade com as regras estabelecidas para proteger as crianças”, disse a Apple em um comunicado. “A empresa russa tecnológica agora tem 13 aplicativos na App Store e processamos centenas de atualizações para eles”, destacou a Apple.

Esta não é a única reclamação da FAS contra a Apple. “Gradualmente, estamos nos aproximando do tipo de seriedade na conversa com a Big Tech que há muito tempo está em exposição no Ocidente”, disse Anton Gorelkin, membro do Comitê de Informação e Comunicação da Duma da Rússia.

Back

See aslo

Não pode falar agora?
Faça sua pergunta no chat.