empty
 
 
Kim Kardashian acusada de promover cripto projetos fraudulentos

Kim Kardashian acusada de promover cripto projetos fraudulentos

As celebridades estão ativamente tentando lucrar com as criptomoedas. Nem todos têm a coragem de investir, mas muitos concordam em promover uma moeda. Eles não entram em detalhes e vários golpistas aproveitam essa oportunidade.

O boxeador Floyd Mayweather, é o mais acusado de colaborar com golpistas. Em outubro de 2018, ele promoveu o cripto projeto fraudulento Centra e, recentemente, anunciou o suspeito cripto token Ethereum Max. Em sua última luta, o boxeador trajou a comisa com seu logo para ser pesado e lutar contra o blogueiro Logan Paul. A celebridade estadunidense, Kim Kardashian, também anunciou a obscura criptomoeda Ethereum Max, em seu Instagram com 200 milhões de seguidores. O regulador britânico suspeitou que a estrela colocaria investidores em risco, já que os tokens podem ter sido criados por golpistas.

Charles Randall, o Presidente da Autoridade de Conduta Financeira (FCA), disse que esse anúncio foi um ótimo exemplo de como as celebridades podem atrair investidores para cripto projetos fraudulentos. Ele disse que Kardashian deveria ter apontado que o Ethereum Max é um token digital especulativo, criado por desenvolvedores desconhecidos.

De acordo com Randall, os golpistas pagam famosos com muitos seguidores, para ajudarem eles a anunciarem as criptomoedas. Além disso, algumas celebridades estão promovendo moedas que não existem na realidade.

Back

See aslo

Não pode falar agora?
Faça sua pergunta no chat.