empty
 
 
El Salvador minera bitcoin com energia vulcânica

El Salvador minera bitcoin com energia vulcânica

De acordo com o CNBC, El Salvador, o primeiro país do mundo a reconhecer oficialmente o bitcoin, minerou 0,00599179 BTC com energia vulcânica.

O CNBC enfatizou que El Salvador minerou 0,00599179 bitcoin, ou cerca de $269, com força tirada de um vulcão. Essa operação foi realizada em uma usina, próxima de um vulcão. O Presidente Nayib Bukele até postou um vídeo teaser, que inclui tomadas de um navio de containers repleto de equipamentos de mineração de bitcoin e outros maquinários.

Bukele indicou que o projeto ainda estava sendo aperfeiçoado, ainda "testando e instalando" o novo equipamento de mineração.

Em junho de 2021, o Presidente de El Salvador disse que ele havia instruído a empresa estatal geotérmica, LaGeo SA de CV, a “criar um plano para oferecer usinas para a mineração de Bitcoin, com energia muito barata, 100% limpa, 100% renovável, com 0 emissões, de nossos vulcões". De acordo com os dados oficiais, El Salvador extrai cerca de 25% de sua energia por fontes geotérmicas.

A mineração de criptomoedas costumava ser vista como uma indústria danosa, destruindo o meio ambiente. Deve ser notado que o processo de criar novos bitcoins é uma atividade que demanda energia, mas canalizar a força de vulcões pode fazer uma diferença enorme. "Um recurso energético completamente renovável e não explorado foi usado estritamente devido ao bitcoin", disse o engenheiro de minas Brandon Arvanaghi. "O bitcoin é o maior catalisador do desenvolvimento da energia renovável da história".

Anteriormente, Isaiah Douglas, um analista da CoinDesk, declarou que a mineração de bitcoin não causava muitos danos ao meio ambiente. De acordo com ele, as fontes renováveis de energia são usadas na produção de ativos digitais. Ao mesmo tempo, a maioria dos participantes do cripto mercado busca reduzir suas pegadas ecológicas.

Back

See aslo

Não pode falar agora?
Faça sua pergunta no chat.