empty
 
 
Setor financeiro do Reino Unido sofre com falta de trabalhadores

Setor financeiro do Reino Unido sofre com falta de trabalhadores

O setor financeiro do Reino Unido está sofrendo com a pior falta de mão de obra. No terceiro trimestre, o número de vagas quase dobrou do mesmo período no ano anterior. De julho a setembro de 2021, as empresas buscavam 8.343 novos funcionários, enquanto que no mesmo período em 2020, buscavam apenas 3.575. Apenas em setembro, 2.818 novos trabalhadores eram necessários.

Os empregos com certos riscos e que pedem a obediência a requisitos regulatórios vêm em primeiro lugar. Eles compõem apenas 13% do número total de vagas.

A falta de funcionários é uma consequência das restrições da quarentena. Durante essa época, os bancos reduziram drasticamente o número de funcionários. Até o momento, as medidas para encerrar a propagação do vírus foram suavizadas significativamente, então as empresas precisam de mais trabalhadores. Isso dá aos candidatos muito mais flexibilidade para buscarem empregos. Sob as circunstâncias, as empresas precisam tomar decisões muito mais rapidamente. Anteriormente, isso não era comum para elas.

Em agosto, a Autoridade Bancária Europeia relatou uma queda notável no número de financistas no Reino Unido. De acordo com seus dados, quase cem banqueiros bem remunerados deixaram a Grã-Bretanha, antes de saírem da União Europeia. As empresas de serviço financeiro transferiram mais de 7.000 funcionários, de Londres para a Europa.

Back

See also

Não pode falar agora?
Faça sua pergunta no chat.