03.12.201920:25:00UTC+00 Dólar norte americano vê fraqueza modesta após comentários de Trump sobre o acordo comercial

O dólar americano se recuperou de seus piores níveis do dia, mas continua a ver uma modesta fraqueza durante as negociações de terça-feira. Atualmente, o dólar está sendo negociado em 108,64 ienes, em comparação aos 108,98 ienes que obteve no final das negociações de Nova York, na segunda-feira. Contra o euro, o dólar está avaliado em $1,1080, em comparação aos $1,1079 de ontem. O dólar se moveu para o lado negativo no início do dia, depois que o presidente Donald Trump sugeriu que poderia preferir esperar até depois das eleições de 2020 para fazer um acordo comercial com a China. Trump disse aos repórteres em uma reunião da OTAN em Londres, que não há prazo para se chegar a um acordo comercial, acrescentando: "De certa forma, acho que é melhor esperar até depois das eleições. "Mas eles querem fazer um acordo agora, e vamos ver se o acordo vai ou não estar certo; tem que estar certo", disse Trump. Trump afirmou que um potencial acordo comercial depende apenas de se ele quer assiná-lo, porque os EUA estão "indo muito bem" e a China está "tendo de longe o pior ano que tiveram em 57 anos". Os comentários do presidente acrescentaram preocupações comerciais crescentes depois que sua administração ameaçou impor tarifas de até 100% sobre US$ 2,4 bilhões em importações francesas, incluindo champanhe e bolsas. A ameaça vem depois que a administração concluiu que o novo imposto sobre serviços digitais da França discrimina empresas americanas como Google (GOOGL), Apple (AAPL), Facebook (FB) e Amazon (AMZN). No entanto, os traders pareciam um pouco relutantes em fazer movimentos mais significativos antes do lançamento do relatório mensal de empregos na sexta-feira.



Não pode falar agora?
Faça sua pergunta no chat.