empty
 
 

21.07.202106:23 Forex Analysis & Reviews: Visão geral do par EUR/USD. 21 de julho. O conflito comercial entre os EUA e a China está à beira de uma nova escalada?

Período de tempo de 4 horas

Exchange Rates 21.07.2021 analysis

Dados técnicos:

O canal superior de regressão linear: direção - para baixo.

O canal menor de regressão linear: direção - para baixo.

Média móvel (20; suavizada) - para baixo.

CCI: -101.6043

O par de moedas EUR/USD na terça-feira, 20 de julho, continuou a cair constantementema, mas seguramente. A volatilidade para o par permanece bastante fraca, e o cenário macroeconômico está quase completamente ausente. Assim, a natureza do movimento atual permanece bastante lógica. Lembre-se de que esperamos que o par caia para o 17º nível, já que esta opção é muito lógica do ponto de vista técnico. No período de 24 horas, a virada global do movimento corretivo contra a tendência de alta continua. Porém, ao mesmo tempo, não podemos deixar de notar que o movimento de queda é muito fraco. Isso significa que a moeda americana está muito relutante em subir de preço. Em geral, a maior parte da distância que o par percorreu nas últimas semanas foi coberta alguns dias após a última reunião do SFR. Houve muito pouco movimento depois e antes deste evento. Assim, pode-se presumir que a moeda dos EUA não está em demanda agora, e os comerciantes estão esperando o momento certo para iniciar novas compras poderosas. Vamos lembrar de que alguns meses atrás, as cotações do par estavam perto de seus máximos de 3 anos, mas não podiam atualizá-las. Então presumimos que os touros não tinham força suficiente para isso, então por um momento eles fizeram uma pausa, que poderia ser nada mais do que uma aceleração antes de uma nova tentativa de atingir o nível 23 e a continuação da formação de uma tendência ascendnete. Gostaríamos também de lembrar que os fatores fundamentais globais não mudaram em nada recentemente, portanto, não esperamos um forte crescimento adicional da moeda americana. Em geral, o movimento das últimas semanas pode ser considerado justificado apenas com base em um fator. Esse fator é um pouco mais retórica de "falcão" do SFR do que do BCE. E mesmo assim, a frase de Jerome Powell de que o SFR pode começar a discutir a restrição do programa de estímulo quantitativo parece ter feito o presidente do SFR se arrepender do que disse várias vezes. Ao menos em todos os seus discursos posteriores, Powell não repetiu esse pensamento, pelo contrário, afirmou que o SFR continuará estimulando a economia, já que o mercado de trabalho ainda está muito longe dos níveis pré-pandêmicos. Portanto, o motivo do fortalecimento do dólar pode ser técnico (correção), então tudo é lógico. Ou fundamental, mas essa razão há muito se esgotou.

Enquanto isso, nos Estados Unidos, um novo velho tópico com a guerra comercial com a China está lentamente surgindo. Vamos lembrar que pouco antes do início da pandemia, as partes assinaram um acordo comercial que, no entanto, deixava em vigor a maior parte dos deveres mútuos. Ou seja, neste momento, a maioria das mercadorias em ambas as direções estão sujeitas a impostos. Assim, dificilmente se pode dizer que qualquer um dos lados se beneficiou desta guerra comercial ou encontrou uma solução ao longo do caminho. Washington queria obter da China "termos de troca mais justos" no entendimento dessa frase, mas não conseguiu, pois a China não aceitou as condições oferecidas pelos Estados Unidos e impôs direitos recíprocos sobre tudo o que pudesse impor. Assim, a balança comercial dos Estados Unidos permaneceu tão deficitária quanto antes da guerra comercial. Recentemente, a secretária do Tesouro dos EUA, Janet Yellen, disse que o acordo comercial de 2020 não foi benéfico para os Estados Unidos e não resolveu nenhum problema. Além disso, todas as taxas comerciais introduzidas foram simplesmente repassadas para os consumidores finais. Assim, os cidadãos americanos pagaram pela guerra comercial com a China, que agora tem que pagar mais por produtos chineses. Em princípio, isso estava claro desde o início. A maioria dos "planos napoleônicos" de Donald Trump inicialmente parecia bastante duvidosa. Era estranho esperar que a China livremente tomasse o lado dos Estados Unidos nas negociações comerciais, o que simplesmente não é lucrativo para ela. E em qualquer guerra não há vencedores. O mesmo se aplica ao plano de Trump de devolver as instalações de produção de muitas empresas americanas para a América, em particular da China. Segundo o ex-presidente dos Estados Unidos, as empresas americanas devem criar empregos em seu país de origem, e não com um grande concorrente. No entanto, ele também não conseguiu devolver as fábricas americanas aos Estados Unidos, até mesmo prometendo incentivos fiscais e ameaçando introduzir impostos mais altos para os "traidores".É preciso entender que nos Estados Unidos, em todo caso, a mão-de-obra é muito mais cara e os impostos mais altos. Portanto, mesmo que as empresas americanas recebessem incentivos fiscais do governo americano, isso ainda não recuperaria os custos em que incorrem com o trabalho na China em comparação com os Estados Unidos. E, em última análise, os usuários finais pagariam por qualquer alteração. Agora Janet Yellen deu a entender que novas negociações sobre um acordo comercial são possíveis entre a China e os Estados Unidos, mas ainda não está claro a partir de que posição Washington as conduzirá. O fato de Washington não estar feliz é um fato óbvio. Assim, diríamos que há muito mais chances de uma escalada do conflito comercial entre o Ocidente e a China do que a sua solução pacífica. Claro, até agora isso não é um problema para a moeda americana, o dólar agora tem muitos outros problemas, mais importantes e globais. Mas para a economia dos EUA, este é um novo problema potencial. Se as relações entre os Estados Unidos e a China continuarem se deteriorando, isso pode afetar o PIB e a geopolítica. Claro, essas consequências negativas não serão visíveis a olho nu, maseles vão surgir. Neste momento, também, quase ninguém pode dizer com certeza quais são as perdas da economia britânica devido à pandemia e quais são devido ao Brexit. Também pode ser o mesmo nos Estados Unidos. Até agora, as suas economias estão se recuperando em um ritmo acelerado, mas esse é um crescimento artificial. Simplificando, qualquer país do mundo pode atingir o mesmo crescimento injetando trilhões de dólares de dinheiro recém-impresso em sua economia. O crescimento real provavelmente não é muito grande. Mas agora a inflação nos Estados Unidos está muito alta, que terá que ser extinta por meios desconhecidos, já que o mercado de trabalho ainda não se recuperou, o que significa que o QE ainda não pode ser abandonado.

Exchange Rates 21.07.2021 analysis

A volatilidade do par euro/dólar em 21 de julho é de 52 pontos e é caracterizada como "média". Assim, esperamos que o par se mova entre os níveis 1,1730 e 1,1834 hoje. Uma reversão para cima do indicador Heiken Ashi sinalizará uma rodada de movimento corretivo.

Níveis de suporte mais próximos:

S1 - 1,1780

S2 - 1,1719

S3 - 1,1658

Níveis de resistência mais próximos:

R1 - 1,1841

R2 - 1.1902

R3 - 1,1963

Recomendações de negociação:

O par EUR/USD retomou o seu movimento descendnete. Assim, hoje é necessário permanecer em posições curtas com os alvos de 1,1730 e 1,1719 até que o indicador Heiken Ashi vire-se para cima. A compra do par não será possível antes da fixação do preço acima da linha de média móvel com os alvos em 1,1841 e 1,1902.

Recomendamos para ler:

Visão feral do par GBP/USD. 21 de julho. O Reino Unido continua caindo contra o fundo da quarta "onda" da epidemia no Reino Unido.

Sinais de negociação, relatório COT:

Previsão e sinais de negociação para EUR/USD para 21 de julho.

Previsão e sinais de negociação para GBP/USD para 21 de julho.

*A análise de mercado aqui postada destina-se a aumentar o seu conhecimento, mas não dar instruções para fazer uma negociação.

Paolo Greco,
Especialista em análise na InstaForex
© 2007-2021
Benefit from analysts’ recommendations right now
Top up trading account
Open trading account

InstaForex analytical reviews will make you fully aware of market trends! Being an InstaForex client, you are provided with a large number of free services for efficient trading.

Não pode falar agora?
Faça sua pergunta no chat.