empty
 
 
06.05.2024 04:15 PM
Será que o Japão vai intervir no mercado mais uma vez?

This image is no longer relevant

Na semana passada, o par USD/JPY sofreu sua maior queda desde novembro de 2022, caindo mais de 4%. Muitos traders supõem que o governo japonês, que entrou duas vezes no mercado para apoiar sua moeda, esteve envolvido na queda acentuada do dólar em relação ao iene. Eles não descartam que as autoridades repitam em breve o cenário de 2022, quando realizaram três intervenções cambiais consecutivas.

Por que o iene subiu?

Na semana passada, a moeda japonesa registrou três saltos em relação à sua contraparte norte-americana, dois dos quais provavelmente causados pelas intervenções de Tóquio.

O primeiro fortalecimento acentuado do iene ocorreu na segunda-feira, 29 de abril, depois que o iene caiu em relação ao dólar para uma nova baixa de 34 anos, de 160,245, devido a uma retórica mais dovish do que o previsto na reunião do Banco do Japão.

Em sua reunião de abril, o BOJ manteve as taxas em sua faixa atual, definida em março, e deixou claro que não aumentaria a taxa tão cedo, pois não estava confiante na estabilidade da inflação.

Pela segunda vez, o iene subiu rapidamente em relação ao dólar na quarta-feira, 1 de maio, algumas horas após a conclusão da reunião do Federal Reserve. Nessa reunião, o órgão regulador também manteve as taxas de juros inalteradas e reiterou sua intenção de mantê-las altas até que a inflação comece a cair de forma consistente.

Aqui está a revisão do seu texto:

A perspectiva de que a grande diferença entre as taxas de juros dos EUA e do Japão persistirá por um longo tempo tem mantido o dólar estável em relação ao iene. No entanto, o dólar começou a cair após o presidente do Fed, Jerome Powell, afirmar que um aumento da taxa de juros não seria a próxima ação do banco central.

A resistência impressionante do par USD/JPY pode ter levado Tóquio a intervir novamente para apoiar o iene. Surpreendentemente, o governo japonês se recusou a comentar seu envolvimento no aumento acentuado do iene em ambas as ocasiões.

Análises da Bloomberg indicam que as autoridades japonesas gastaram mais de 9 trilhões de ienes na semana passada para sustentar sua moeda enfraquecida.

O terceiro fortalecimento do iene ocorreu na sexta-feira, 3 de maio, em resposta a dados estatísticos fracos sobre o mercado de trabalho dos EUA.

O relatório das folhas de pagamento não-agrícolas (NFP), divulgado no final da semana, revelou que os empregadores americanos criaram apenas 175 mil empregos no mês passado, o menor aumento em seis meses, abaixo das expectativas de um aumento de 243 mil.

Além disso, a taxa de desemprego subiu de 3,8% em abril para 3,9%, enquanto as folhas de pagamento avançaram 3,9% em uma base anualizada, abaixo das previsões de crescimento de 4,0% e 4,1%, respectivamente.

Esses sinais de enfraquecimento do mercado de trabalho dos EUA aumentaram as expectativas de um corte nas taxas de juros dos EUA. Os investidores agora projetam que o Fed começará a reduzir a taxa de referência em setembro, em vez de novembro.

Após o relatório de emprego, a probabilidade de duas rodadas de flexibilização da política monetária pelo Fed este ano aumentou. Os traders agora esperam que o órgão regulador reduza as taxas em cerca de 47 pontos-base até o final do ano.

Essa mudança para uma perspectiva mais dovish sobre a política futura do Fed exercou forte pressão sobre o dólar. Na sexta-feira, o índice do dólar americano testou uma baixa de três meses de 104,52, enquanto em relação ao iene, enfraqueceu em mais de 1%, atingindo o nível mais baixo de 151,86 desde 10 de abril.

Na segunda-feira, o par USD/JPY interrompeu sua tendência de queda de vários dias, iniciando um rápido aumento. No momento da publicação, o par havia subido quase 0,5%, alcançando o nível de 153,98 em relação ao fechamento de sexta-feira.

This image is no longer relevant

Os comentários da Secretária do Tesouro dos EUA, Janet Yellen, sobre as supostas intervenções japonesas na semana passada foram o principal impulsionador do ativo.

A autoridade observou que a moeda japonesa havia se fortalecido acentuadamente. Entretanto, ela não comentou se o Japão havia intervindo para apoiar o iene.

This image is no longer relevant

Yellen afirmou aos repórteres no sábado que não comentaria se eles

tinham ou não intervindo, enfatizando que as intervenções devem ter como

objetivo apenas reduzir a volatilidade do mercado, não manipular as

taxas de câmbio.

O fato de o governo dos EUA não ter confirmado a intervenção encorajou os touros do dólar. No entanto, isso pode não ser uma ideia muito boa dada a baixa liquidez de hoje.

Na segunda-feira, os mercados no Japão estão fechados devido às celebrações do Dia das Crianças, o que provavelmente resultará em volumes de negociação mais baixos. Desde que as autoridades japonesas escolheram períodos de calma na semana passada para intervir, os traders devem estar agora em alerta máximo durante todo o dia.

Valentin Marinov, analista do Credit Agricole, disse que Tóquio pode baixar o USD/JPY novamente. Ele supõe que eles possam entrar no mercado novamente num futuro muito próximo para maximizar o efeito de suas intervenções anteriores, aproveitando a reduzida liquidez durante os feriados.

O mesmo ponto de vista é apoiado por seus colegas do Goldman Sachs. Eles também veem um alto risco de intervenção repetida de Tóquio esta semana, já que a situação macroeconômica como um todo permanece bastante negativa para o iene.

Os especialistas afirmaram que ganhar tempo ainda era valioso, pois reduzia o potencial de interrupções econômicas a partir do ajuste da taxa de câmbio e poderia estabilizar a moeda até que o panorama econômico se tornasse mais favorável para o JPY.

Enquanto isso, o relatório semanal da Commodity Futures Trading Commission mostrou que na semana passada, os traders abandonaram apostas recordes na queda do iene.

Fundos alavancados e gestores de ativos agora têm cerca de 168.388 contratos ligados a apostas na queda do iene nas próximas semanas.

Segundo analistas da Bloomberg, os traders reduziram suas apostas recordes na fraqueza do iene na semana passada, período que foi marcado por uma intervenção provável por parte dos japoneses.

Os traders especulativos vêm abrindo posições vendidas na moeda japonesa desde o início de 2023. Isso significa que algumas apostas de baixa podem ser mais sustentáveis do que as feitas nas últimas semanas, quando a queda do iene em relação ao dólar se acelerou.

Por esse motivo, muitos analistas, incluindo Jane Foley, do Rabobank, estão confiantes de que o Ministério das Finanças do Japão não se limitará a apenas duas intervenções e continuará a estabilizar sua moeda conforme necessário.

Ela acredita que Tóquio terá que baixar a taxa de câmbio dólar/iene mais de uma vez para realmente minar a determinação de muitos especuladores.

Аlena Ivannitskaya,
Especialista em análise na InstaForex
© 2007-2024
Ganhe com as variações das taxas das criptomoedas com a InstaForex.
Baixe o MetaTrader 4 e abra a sua primeira operação.
  • Grand Choice
    Contest by
    InstaForex
    InstaForex always strives to help you
    fulfill your biggest dreams.
    PARTICIPE DO CONCURSO
  • Chancy Deposit
    Deposite US $ 3.000 em sua conta e receba $4000 mais!
    Em Julho nós sorteamos $4000 na campanha Chancy Deposit!
    Tenha a chance de ganhar, depositando $3,000 em sua conta de negociação. Após cumprir essa condição, você se torna um participante da campanha.
    PARTICIPE DO CONCURSO
  • Trade Wise, Win Device
    Abasteça a sua conta com pelo menos $500, inscreva-se no concurso e tenha a chance de ganhar dispositivos móveis.
    PARTICIPE DO CONCURSO
  • Bônus de 100%
    Sua oportunidade única de receber um bônus de 100% em seu depósito
    RECEBA O BÔNUS
  • Bônus de 55%
    Solicite um bônus de 55% em cada depósito
    RECEBA O BÔNUS
  • Bônus de 30%
    Receba um bônus de 30% toda vez que você fizer um depósito em sua conta
    RECEBA O BÔNUS

Recommended Stories

Não pode falar agora?
Faça sua pergunta no chat.
Widget callback