Mapa do site
العربية Български 中文 Čeština English Français Deutsch हिन्दी Bahasa Indonesia Italiano Bahasa Malay اردو Polski Português Română Русский Srpski Slovenský Español ไทย Nederlands Українська Vietnamese বাংলা Ўзбекча O'zbekcha Қазақша

Área do Cliete InstaForex

  • Configurações pessoais
  • Acesso para todos os serviços da InstaForex
  • Estatísticas detalhadas e relatórios sobre negociações
  • Variedade completa de transações financeiras
  • Sistema de gerenciamento de várias contas
  • Proteção máxima de dados

Área do Parceiro InstaForex

  • Informação completa sobre clientes e comissões
  • Estatísticas gráficas sobre contas e cliques
  • Instrumentos Webmaster
  • Soluções web prontas e ampla gama de banners
  • Alto nível de proteção de dados
  • Notícias da empresa, RSS feeds e informativos forex
Registrar conta
Log in using Google
Programa de afiliado
cabinet icon

InstaForex - sempre na vanguarda! Abra uma conta de negociação e torne-se parte da Equipe InstaForex Loprais!

A história de sucesso da equipe liderada por Ales Loprais pode se tornar sua história de sucesso! Entregue com confiança e vá em direção à liderança como participante regular do Dakar Rally e vencedor do Rally da Silk Way A Equipe InstaForex Loprais faz isso!

Junte-se e vença com a InstaForex!

Abertura instanânea da conta

Receber um email com instruções
toolbar icon

Plataforma de negociação

Para dispositivos móveis

Para negociação via navegador

Caricatures and drawings on Forex portal

Petroleiros da Venezuela ficam presos no mar enquanto as sanções dos EUA aumentam

Petroleiros da Venezuela ficam presos no mar enquanto as sanções dos EUA aumentam

A Venezuela está sob pressão de duras sanções americanas. As últimas sanções contra o governo local foram destinadas à empresa estatal de petróleo da Venezuela, PDVSA. Recentemente, a situação do produtor de petróleo venezuelano piorou. Assim, pelo menos 16 navios-tanque cheios com mais de 18 milhões de barris de petróleo venezuelano estão agora presos no mar em todo o mundo, como ninguém quer comprá-lo. Obviamente, as refinarias mundiais de petróleo evitam lidar com o fornecedor de petróleo venezuelano controlado pelo estado, pois não querem entrar em conflito com as sanções dos EUA. Washington impôs severas sanções à Venezuela para reduzir suas exportações de petróleo e privar o governo do presidente Nicolas Maduro de sua principal fonte de receita. Em junho, os EUA entraram na lista negra de mais de cem navios e empresas de transporte envolvidas no comércio e transporte de petróleo da PDVSA. Em particular, cinco capitães de tanques iranianos foram adicionados à lista após entregar gasolina à Venezuela. No momento, a carga de petróleo indesejada continua a permanecer na água em diferentes partes do mundo. Algumas embarcações estão fora há mais de seis meses tentando encontrar compradores em vários portos, mas não obtiveram sucesso.

Back

See aslo

Fechar
Widget calback
Nossos especialistas
irão entrar em contato
em cinco minutos
Nos vamos conduzí-lo
através do website
e responder todas suas perguntas!
Preferred Type of Connection
Idioma preferido
  • English
  • Русский
  • العربية
  • Bahasa Indonesia
  • Bahasa Melayu
  • বাংলা
  • Български
  • 中文
  • Español
  • हिन्दी
  • Asụsụ Igbo
  • Português
  • اردو
  • ไทย
  • Українська
  • Tiếng Việt
  • Èdè Yorùbá
A solicitação de Calback foi aceita.
Nossos especialistas entrarão em contato com você o mais rápido possível.
Um erro ocorreu.
Por favor, tente novamente mais tarde.
Não pode falar agora?
Faça sua pergunta no chat.