empty
 
 
Importações de carvão da China aumentam.

Importações de carvão da China aumentam.

O aumento dos preços do carvão e do gás natural resulta em uma escassez de recursos energéticos. Como resultado, várias províncias da China têm enfrentado quedas de energia desde meados de setembro. Entretanto, o desejo do governo de reduzir significativamente as emissões de dióxido de carbono na atmosfera e reduzir o uso de carvão tem estado por trás da escassez de fornecimento de eletricidade, uma vez que a China está agora concentrada em se tornar a chamada economia verde.

Em setembro, a mineração de carvão na China caiu 0,9% para 330 milhões de toneladas em relação ao mesmo período em 2020 e caiu 1,8% desde 2019. Ao mesmo tempo, o país aumentou suas importações de carvão em setembro: o indicador subiu 76% em uma base anual.

Nos três primeiros trimestres de 2021, a produção de carvão cresceu 3,7% em relação ao mesmo período de 2021, para 2,93 bilhões de toneladas. Em janeiro a setembro de 2019, a produção de carvão aumentou em 3,6%. Já as importações caíram 3,6%, para 230,4 milhões de toneladas anuais.

As províncias de Shanxi e Shaanxi, assim como a Região Autônoma da Mongólia Interior, são as principais regiões de mineração de carvão da China. Em meio a uma aguda escassez de eletricidade, elas se comprometeram a fornecer 145 milhões de toneladas de carvão para usinas elétricas em outras regiões chinesas a um preço mais baixo no 4º trimestre do ano.

Back

See also

Não pode falar agora?
Faça sua pergunta no chat.