empty
 
 
Problemas econômicos dos EUA afetarão economia global

Problemas econômicos dos EUA afetarão economia global

Muitos analistas estão expressando preocupação, de que obstáculos na economia dos EUA podem prejudicar as economias de muitos países. O principal problema é a inflação crescente, que pode danificar a recuperação estável da economia mundial.

É improvável que os preços de energia, produtos e serviços, que estão decolando nos Estados Unidos, cessem no futuro próximo. Recentemente, a taxa de inflação dos EUA atingiu o maior nível em três décadas. Os analistas têm certeza que subirá para novas altas.

Em outubro de 2020, a inflação foi de 6,2% a.a. Na época, isso causou pânico entre os investidores. O Índice do Preço ao Consumidor (IPC) tem subido pelo terceiro mês consecutivo. De acordo com os registros dos analistas, isso não acontece desde a década de 1980 do século XX.

O mercado de ações afundou repentinamente, devido aos riscos da inflação. O S&P 500 caiu 0,82%, o Dow desceu 0,66% e o NASDAQ Composite perdeu 1,66%.

Os especialistas do mercado acreditam que as consequências negativas, da crise do coronavírus, são o principal motivo para os altos preços ao consumidor. Para manter a estabilidade financeira, o Fed precisou lançar o programa de flexibilização quantitativa. Como resultado, ele injetou $120 bilhões na economia por mês, mantendo a taxa de juros perto de zero.

A crise energética acrescentou combustível ao fogo. Os preços crescentes da gasolina afetaram adversamente o custo de muitos produtos. "A inflação prejudica os bolsos dos americanos e reverter essa tendência é minha maior prioridade", disse o Presidente Joe Biden em uma declaração.

Anteriormente, o Fed anunciou uma redução gradual das compras de ativos. Isso diminuiria as compras do Tesouro em $10 bilhões, os títulos hipotecários em $5 bilhões por mês. Os analistas pensam que isso pode diminuir a inflação. Também acreditam que, na próxima reunião, agendada para 15 de dezembro, o regulador por decidir cortar o volume das compras de obrigações do Tesouro em $25 a $35 bilhões.

Fora isso, o banco central está refletindo sobre um possível aumento na taxa de juros. A taxa de referência está perto de 0 a 0,25%. O Fed declarou, mais de uma vez, que manterá a taxa de juros perto de zero, até atingirem os empregos completos. Atualmente, os valores do mercado de trabalho estão mistos.

Os investidores estão um pouco confusos no momento. Normalmente são guiados pelas decisões do regulador. Se as possibilidades de longo prazo da economia dos EUA forem deterioradas, eles podem elevar as compras de ativos de países em desenvolvimento. Essa possibilidade preocupa os analistas. Eles temem que a inflação nos EUA se espalhará aos mercados emergentes.

Back

See also

Não pode falar agora?
Faça sua pergunta no chat.