empty
 
 
Guerra comercial EUA-China traz mais ganhos do que perdas.

Guerra comercial EUA-China traz mais ganhos do que perdas.

Enquanto os analistas preveem pessimismo e perdas para a economia global devido à guerra comercial EUA-China, a situação têm se revelado muito melhores. Aparentemente, sua escala era bastante pequena para infligir dor, mas suficiente para trazer ganhos. Segundo o último estudo realizado pelo Escritório Nacional de Pesquisa Econômica e pelo Banco Mundial, a guerra comercial EUA-China aumentou significativamente as exportações de outros países.

Os analistas descobriram que o conflito entre as duas maiores economias mundiais não prejudicou o mercado, ao contrário, ajudou outros países a expandir suas cadeias de abastecimento. Por exemplo, 48 dos 50 principais países exportadores de petróleo, exceto China e Estados Unidos, ampliaram as exportações para os EUA e outros países, reduzindo as entregas somente para a China. Países com economias abertas, altos influxos de investimentos estrangeiros diretos e acordos comerciais com outros estados foram os que mais se beneficiaram da guerra comercial. Além disso, as previsões sombrias não se tornaram realidade graças também a Washington. As autoridades americanas não aumentaram as tarifas sobre a eletrônica chinesa e diversos produtos, com sua participação no mercado totalizando cerca de 80-90%.

Anteriormente, os economistas advertiram que as taxas comerciais entre os EUA e a China poderiam representar uma séria ameaça para o mercado global. Por exemplo, a OMC previu o impacto negativo da guerra comercial sobre os investimentos. A Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) estava preocupada com a desaceleração. No entanto, às vezes, os analistas tendem a fazer uma tempestade em copo d'água.


Back

See also

Não pode falar agora?
Faça sua pergunta no chat.